Informativo CNE ACT 2017/2018 nº14 06/06/2018

  • por

INFORMATIVO CNE/ACT.2017/2018 No 014/2018
Brasília (DF), 06 de junho de 2018.
ASSUNTO: ACT- 2017/2018

Prezados colegas,
Comunicamos a todos os empregados da Conab que no dia ontem (05/06/2018), aconteceu a 1a reunião bilateral, na sala da Vice-Presidência do TST, em Brasília-DF, objeto do pré processo sob o número PMPP 1000171-85.2018.5.00.0000, requerido pela CNTC, do qual objetiva a mediação do litigio trabalhista de natureza coletiva, Referente ao ACORDO COLETIVO DE TRABALHO – CONAB – 2017/2018.

A reunião foi coordenada pelo Juiz Auxiliar da Vice Presidência do TST, Dr. Rogério Neiva Pinheiro, em que contou com a presença da representação patronal da Conab, os representantes da CNTC e CNE, conforme ata anexa.

Os representantes dos empregados avaliaram que a reunião foi muito proveitosa, uma vez que o cenário nas negociações coletivas dos Acordos Coletivos de 2017/2018, houveram mudanças significativas, principalmente após a reunião que ocorreu no dia 19/04/2018, entre o Vice-Presidente do TST Ministro Renato de Lacerda Paiva, com o Ministro do Planejamento, Esteves Pedro Colnago Júnior, além do Secretário e dos Diretores da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST).

Algumas empresas estatais firmaram Acordos Coletivos em 2017, preservando as Cláusulas Sociais vigentes e as Cláusulas Econômicas indo para julgamento na Seção de Dissídios Coletivos – SDC/TST, sendo que, atualmente o governo e a representação dos empregados de outras empresas estão ainda discutindo as Cláusulas Sociais e financeiras do ACT.

2017/2018, juntamente com a negociação do ACT.2018/2019, objetivando evitar o julgamento na SDC. Reiteramos da importância para que todos os trabalhadores permaneçam mobilizados em seus locais de trabalho, e conscientes sobre a luta que poderemos ter que concretizar, em razão do cenário que se chegou, quanto a possibilidade de  retirada de direitos e/ou benefícios dos empregados da Conab.

Clique aqui e veja a ata completa

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *